Arquivo da tag Curitiba

Obras na Rodovia da Uva não param mais: “Estamos acompanhando de perto”, diz Martins

Depois de promessas feitas, adiamentos, obras suspensas, falência de empresas, finalmente a duplicação da Rodovia da Uva (PR-417) foi retomada pra valer, no trecho entre o Contorno Norte de Curitiba e a Rua Orlando Ceccon, em Colombo. Desde que a governadora Cida Borghetti autorizou o reinício das obras, operários trabalham sem parar com o objetivo de entregar a Rodovia duplicada e revitalizada dentro do prazo, que é maio de 2019.

O estofador Jonas Hamilton, que tem comércio às margens da Rodovia da Uva, tem certeza que dessa vez a obra vai ser concluída. “Agora vai. Faça chuva, faça sol, tem gente trabalhando aqui. Acompanhamos todos os dias e todos estão trabalhando sem parar. Pra todos nós que dependemos da Rodovia da Uva vai ficar muito bom. Chega de sofrimento”, disse o comerciante.

O borracheiro Elielton Massin também está otimista com a retomada da duplicação. “Agora a obra deve sair sim. Vai ser mais segurança pra todo mundo que passa por aqui. O trânsito vai ficar mais seguro e não vamos mais sofre com tanto pó, sem falar dos riscos”, afirmou.

As obras da Rodovia da Uva foram retomadas no final de maio, quando a governadora Cida Borghetti autorizou o investimento de R$ 32 milhões, proveniente do Proinveste, um convênio firmado entre o Governo do Estado e o Banco do Brasil.

O deputado Luiz Carlos Martins não só comemorou a retomada como também tem acompanhado as obras. “Passo por aqui quase toda a semana. E se não passo, peço pra alguém da equipe passar. Estamos acompanhando de perto. Foram mais de 20 anos de espera, de sofrimento com tantas interrupções. Agora a duplicação da Rodovia da Uva vai sair”, disse Martins.

Junto com a duplicação, o trecho, de 6,2 quilômetros, receberá outras melhorias, a exemplo da construção de ciclovias, novas calçadas com rampas de acesso, instalação de semáforos, iluminação, canteiro central e paisagismo. “

Por que parou?

A duplicação desse trecho da Rodovia da Uva começou em 2010, mas foi executado apenas 15% dos serviços previstos no projeto. A empresa vencedora da licitação teve problemas e o contrato foi rescindido de forma amigável. O primeiro projeto previa investimento de R$ 11 milhões para a construção de mais uma pista.

Em 2013, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) realizou nova licitação, no valor de R$ 35,8 milhões. O projeto foi revisado, e passou a incluir duas pistas marginais, ciclovias, novas calçadas com rampas de acesso, além de semáforos, iluminação, canteiro central e paisagismo. As obras foram interrompidas porque a empresa faliu quando tinha executado 30% do cronograma.

Por esse motivo, uma terceira licitação foi lançada em 2017, com previsão de investimentos de até R$ 42,4 milhões em um trecho de 6,2 quilômetros. Mas esse processo foi paralisado pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) em agosto de 2017, que apontou problemas no novo edital.

O DER-PR não concordou com este posicionamento, respondeu as questões levantadas pelo órgão e, em fevereiro de 2018, o TCE-PR autorizou o reinício das obras, condicionadas ao cumprimento de algumas determinações, que foram acatadas pelo DER-PR. Porém, em março do mesmo ano, na iminência da ordem de serviço para retomada dos trabalhos, um dos conselheiros do tribunal determinou a mudança da empresa vencedora do certame.

No último dia 7 deste mês, o TCE-PR publicou um Acórdão que reverte o posicionamento deste conselheiro e corrobora a decisão do DER-PR declarando oficialmente vencedora a empresa Tucumann Engenharia.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com Cida, Martins comemora revitalização de avenida e ampliação de unidade de saúde em Campo Magro

Com indicações do deputado, a cidade vai receber R$ 7,1 milhões para investimentos

O município de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, vai revitalizar a avenida Norte-Sul, a mais importante via da cidade, que corta cinco bairros. Nesta quinta-feira (7), a governadora Cida Borghetti esteve em Campo Magro e confirmou o apoio do Estado para a obra, que abrangerá cerca de dois quilômetros e tem investimento estimado em R$ 4,9 milhões. O recurso será repassado por meio de convênio com a Secretaria do Desenvolvimento Urbano.

Na reunião com o prefeito Cláudio Cesar Casagrande e lideranças locais, a governadora anunciou mais R$ 1,3 milhão para a reforma e ampliação da unidade de saúde municipal 24 horas e R$ 800 mil para a construção do prédio Conselho Tutelar do município.“São obras importantes para Campo Magro. A implantação do binário Norte-Sul e a ampliação da unidade de saúde 24 horas são obras muito esperadas e que vão resultar em mais conforto e melhor atendimento à população”, afirmou a governadora.

O deputado Luiz Carlos Martins, que fez indicações ao Governo para a liberação dos recursos em Campo Magro, comemorou a conquista e participou da cerimônia de entrega dos recursos. “A gente está bastante feliz. Campo Magro é um município muito querido e merece toda atenção, juntamente com prefeito Casagrande e a governadora, viabilizamos esta reivindicação da Avenida Norte-Sul, que é antiga, e também conseguimos reforçar a saúde promovendo a reforma e ampliação da Unidade de Saúde.É preciso fortalecer os municípios da Região Metropolitana poruqe assim desafogamos Curitiba e todos ganham. Assim vale a pena”, disse Martins.

No evento, Cida destacou também  a parceria do Governo do Estado com o município em outras áreas, como a segurança pública, infraestrutura e logística, habitação. Ela também lembrou o potencial de Campo Magro na área do turismo, principalmente o turismo ecológico. “Já marcamos uma reunião com a equipe da prefeitura para apresentação de projetos que colocarão o município na rota do turismo paranaense e nacional”, disse ela.

Binário

A avenida Norte-Sul, que começa no Jardim Cecília e atravessa quatro bairros denominados Jardim Boa Vista, tem atualmente tem pista simples e, em alguns trechos não há asfalto. Com a obra, a avenida receberá pistas duplas, calçadas com acessibilidade, ciclovia, sinalização.

O prefeito Casagrande informou que será o primeiro binário do município e que deverá receber também um conjunto de obras, entre praças e parques. “O binário vai impactar no bairro e na cidade toda, com crescimento do comércio, valorização dos imóveis. Todos sairão ganhando com este investimento”, disse ele. O prefeito lembrou o investimento do Estado na revitalização da Estrada do Cerne, que segundo ele deu uma cara nova para a cidade e ajuda a atrair investimentos.

 

A unidade de saúde 24 horas foi construída em 2005 e não teve grandes reformas até agora. “A obra que faremos é muito importante para a população, para melhorar o serviço para os pacientes, dar mais conforto aos servidores, garantir um atendimento melhor e mais qualificado”, disse o prefeito. “Temos aqui também nossa base do Samu”, informou. Segundo ele, cerca de 40% dos pacientes atendidos na unidade são de Curitiba.

Casagrande disse que o Governo do Estado também repassará recursos para uma ambulância para transporte de pacientes dentro do município. Também está em construção uma outra unidade, que recebe recursos estaduais e dever ser entregue em até 60 dias (obra gerida pela prefeitura).

No encontro, foi destacada ainda a inauguração da nova Estrada do Cerne, ligando Curitiba a Campo Magro. O investimento foi de R$ 30 milhões com recursos estaduais. Outro destaque é habitação, área que recebeu R$ 15 milhões em investimentos nos últimos anos. Foram entregues moradias para 451 famílias do município.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cida libera recursos para 106 cidades; quase R$ 15 milhões vão para municípios indicados por Martins

A governadora Cida Borghetti autorizou investimentos de R$ 74,5 milhões em 106 municípios de todas as regiões do Paraná. A liberação dos recursos para aplicação em obras urbanas e compra de veículos e equipamentos ocorreu nesta segunda-feira (21), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, durante encontro com prefeitos.

Entre as liberações, estão R$ 14,9 milhões para oito municípios indicados pelo deputado Luiz Carlos Martins na Região Metropolitana de Curitiba e Norte Pioneiro. São eles:

– Campina Grande do Sul – R$ 421.080,00 para pavimentação

– Campo Largo – R$ 2.727, 374,00 para pavimentação e mais R$ 359.622,00 para reforma de terminal de ônibus

– Colombo – R$ 523.122,00 para obras urbanas (praça)

– Fazenda Rio Grande – 3 liberações de pavimentação totalizando R$ 3.519,766,00

– Piraquara – 3 liberações de pavimentação totalizando R$ 6.020.323,00

– Lapa – R$ 149.000,00 para a compra de um veículo van

– Carlópolis (Norte) – R$ 1.180.000,00 em equipamentos rodoviários

– Jacarezinho (Norte) – R$ 150.000,00 em pavimentação

A governadora participou pela manhã, nesta segunda-feira (21), do programa Luiz Carlos Martins, na Rádio Banda B, e Martins aproveitou para agradecer os investimentos. “A senhora está a 100 km por hora governadora. São milhões e milhões liberados para os municípios com a pressa do povo, que precisa de obras de pavimentação, equipamentos rodoviários e tantas outras necessidades. Agradecemos o atendimento de nossas indicações vindas da nossa parceria com os prefeitos de cada um desses municípios”, disse Martins.

Cida destacou que, em 45 dias de gestão, já chega a R$ 400 milhões o volume de recursos confirmados pelo Governo do Estado para ações nas cidades. “Estamos em um ritmo acelerado, agilizando os processos para garantir a implantação de projetos importantes nos municípios. São obras e aquisições que melhoram as cidades e impactam na vida da população”, disse a governadora.

“Nosso foco é trabalhar para melhorar a vida do cidadão nas grandes e nas pequenas cidades do Paraná”, afirmou a governadora. “Como municipalista, reforço a parceria com as prefeituras, sempre com o olhar para todo o Paraná, de maneira igual”.

Rapidez

Segundo o secretário do Desenvolvimento Urbano, Sílvio Barros, os investimentos são em edificações, pavimentação, compra de equipamentos e veículos. Ele disse que a determinação é repassar o mais rápido o possível os recursos aos prefeitos, para que toda a população seja atendida.

“Estamos trabalhando para cumprir as metas e, por isso, estamos acelerando os repasses para os projetos que são possíveis de serem efetivados antes do período eleitoral. Depois vamos continuar analisando os demais, para que até o final do ano as obras sejam iniciadas”, explicou Barros.

Confira AQUI os investimentos em cada município.