Arquivo da tag Campo Magro

Com indicação de Martins, 8 municípios recebem recursos para a coleta seletiva de lixo

A governadora Cida Borghetti assinou convênios com 233 municípios nesta terça-feira (26), em Curitiba, destinando recursos e equipamentos para a coleta seletiva do lixo. Os convênios foram assinados durante o Encontro Estadual do Reciclo Paraná, programa pioneiro no Brasil, que abrange um sistema integrado de coleta seletiva do lixo, separação e venda de recicláveis para gerar renda a associações e cooperativas de recicladores.

Entre os municípios atendidos estão oito que fazem parte da base de apoio e foram indicados pelo deputado Luiz Carlos Martins: Cambará, Carlópolis e Jacarezinho (Norte Pioneiro); Campo Magro, Campo do Tenente, Itaperuçu e Tijucas do Sul (Região Metropolitana de Curitiba); e Guaraqueçaba (Litoral).

“Conseguimos um caminhão de coletor reciclável para Campo Magro, além de tubos e kits para coleta de lixo para outros municípios que atendemos. Precisamos criar condições para que toda a população dê o destino correto do lixo e assim o meio ambiente seja preservado. Faz parte do nosso trabalho”, disse Martins.

Os convênios somam R$ 140 milhões, que serão usados para a compra de 65 novos caminhões de coleta seletiva, 95 equipamentos como compactadores e esteiras para os barracões onde são feitas a triagem do lixo, além de 189 conjuntos formados por cestos e carrinhos de coleta nas ruas.

Cida afirmou que o progresso das cidades está diretamente ligado às políticas públicas na área ambiental. “Quando preservam e cuidam do meio ambiente, dando destinação correta ao lixo, os municípios conseguem gerar mais oportunidades, renda e empregos e, consequentemente, mais qualidade de vida à população. É uma cadeia de oportunidades”, disse a governadora.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Governo anuncia R$ 323 milhões para saúde do Paraná; saiba as cidades indicadas por Martins

A governadora Cida Borghetti anunciou nesta segunda-feira (25), em Curitiba, o repasse de R$ 323 milhões em ações para a saúde nas cidades paranaenses. As ações incluem o aumento de repasses para a atenção primária dos municípios; construção, ampliação, reformas e aquisição de equipamentos para unidades de saúde; incentivo para a compra de equipamentos para o programa Mãe Paranaense; entrega de ambulâncias e veículos para o transporte sanitário e novos convênios com os hospitais municipais, particulares e filantrópicos.

Entre os municípios da base de apoio do deputado Luiz Carlos Martins estão Fazenda Rio Grande, São José dos Pinhais, Agudos do Sul, Quatro Barras, Campo do Tenente, Mandirituba, Piraquara, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Itaperuçu, Pinhais, Bocaiúva do Sul, Balsa Nova. Itaperuçu e Tijucas do Sul, na Região Metropolitana, além de Carlópolis, Cambará e Jacarezinho (Norte Pioneiro) e Guaraqueçaba (Litoral).

“A atenção básica de saúde é a prioridade do Governo e também a nossa. Dinheiro que irá cair direto na conta das prefeituras para despesas de custeio das unidades de saúde. É na porta da Unidade Básica que a população vai bater quando precisa de atendimento médico e é lá que reforçamos toda nossa atenção”, diz o deputado Luiz Carlos Martins.

O prefeito de Campo Magro, Claudio Casagrande, esteve no gabinete do deputado na Assembleia nesta segunda-feira (25) e falou sobre os investimentos feitos no município. “O deputado Luiz Carlos Martins tem acompanhado de perto nosso município e Campo Magro tem recebido atenção não só na saúde, mas em diversas áreas. Viemos agradecer a parceria”, afirmou o prefeito.

Confira as cidades indicadas por Martins, em que serão aplicados os recursos para à Saúde:

 

Região Metropolitana de Curitiba

Fazenda Rio Grande
Equipamentos para o Hospital e Maternidade N. Sra Aparecida – R$ 300 mil
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ – 31.050,00

Campo Largo
Contrato com Hospital do Centro – Rocio – R$ 1.420.000,00/mês
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ -29.119,50

Campo Magro
Transporte Sanitário – R$ 120.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 21.667,50

Campo do Tenente
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 6.750,00

Colombo
Equipamento p/ UBS (APSUS) – R$ 115.000,00
Ampliação de 2 UBS (FAF) – R$ 500.000,00
Transporte Sanitário – R$ 120.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ -31.252,50

Itaperuçu
Equipamento p/ UBS (APSUS) – R$ 230.000,00
Construção de UBS tipo I (FAF) – R$ 600.000,00
Construção de unidade rural (FAF) – R$ 200.000,00
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 21.235,50

Mandirituba
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 19.831,50

Pinhais
Equipamento p/ UBS (APSUS) – R$ 115.000,00
Reforma de 6 UBS (FAF) – R$ 918.553,75
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 30.496,50

Piraquara
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 31.455,00

Quatro Barras
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$10.125,00

Rio Branco do Sul
Transporte Sanitário – R$ 240.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 16.402,00

São José dos Pinhais
Equip. p/ hospital Municipal (FAF) – R$ 299.300,00

Tijucas do Sul
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 20.506,50

Agudos do Sul
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 12.042,00

Balsa Nova
Equipamento p/ UBS (APSUS) – R$ 115.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 6.615,00

Bocaiúva do Sul
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 15.930,00

 

Norte Pioneiro

Cambará
Convênio p/ equip. Santa Casa – R$ 110.000,00
Equipamento p/ UBS (APSUS) – R$ 115.000,00
Transporte Sanitário – R$ 120.000,00
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 21.802,50

Carlópolis
Convênio p/ equip. Hospital Municipal – R$ 925.000,00
Transporte Sanitário – R$ 240.000,00
Ambulância – R$ 131.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 15.525,00

Jacarezinho
Contrato com CISNORPI – R$ 427.008,51/mês
Convênio p/ custeio do CISNORPI – R$ 724.220,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 24.300,00

 

Litoral do Paraná

Guaraqueçaba
Transporte Sanitário – R$ 240.000,00
2 Ambulâncias – R$ 262.000,00
Custeio p/ Atenção primária e Saúde Bucal – R$ 11.718,00

Com Cida, Martins comemora revitalização de avenida e ampliação de unidade de saúde em Campo Magro

Com indicações do deputado, a cidade vai receber R$ 7,1 milhões para investimentos

O município de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, vai revitalizar a avenida Norte-Sul, a mais importante via da cidade, que corta cinco bairros. Nesta quinta-feira (7), a governadora Cida Borghetti esteve em Campo Magro e confirmou o apoio do Estado para a obra, que abrangerá cerca de dois quilômetros e tem investimento estimado em R$ 4,9 milhões. O recurso será repassado por meio de convênio com a Secretaria do Desenvolvimento Urbano.

Na reunião com o prefeito Cláudio Cesar Casagrande e lideranças locais, a governadora anunciou mais R$ 1,3 milhão para a reforma e ampliação da unidade de saúde municipal 24 horas e R$ 800 mil para a construção do prédio Conselho Tutelar do município.“São obras importantes para Campo Magro. A implantação do binário Norte-Sul e a ampliação da unidade de saúde 24 horas são obras muito esperadas e que vão resultar em mais conforto e melhor atendimento à população”, afirmou a governadora.

O deputado Luiz Carlos Martins, que fez indicações ao Governo para a liberação dos recursos em Campo Magro, comemorou a conquista e participou da cerimônia de entrega dos recursos. “A gente está bastante feliz. Campo Magro é um município muito querido e merece toda atenção, juntamente com prefeito Casagrande e a governadora, viabilizamos esta reivindicação da Avenida Norte-Sul, que é antiga, e também conseguimos reforçar a saúde promovendo a reforma e ampliação da Unidade de Saúde.É preciso fortalecer os municípios da Região Metropolitana poruqe assim desafogamos Curitiba e todos ganham. Assim vale a pena”, disse Martins.

No evento, Cida destacou também  a parceria do Governo do Estado com o município em outras áreas, como a segurança pública, infraestrutura e logística, habitação. Ela também lembrou o potencial de Campo Magro na área do turismo, principalmente o turismo ecológico. “Já marcamos uma reunião com a equipe da prefeitura para apresentação de projetos que colocarão o município na rota do turismo paranaense e nacional”, disse ela.

Binário

A avenida Norte-Sul, que começa no Jardim Cecília e atravessa quatro bairros denominados Jardim Boa Vista, tem atualmente tem pista simples e, em alguns trechos não há asfalto. Com a obra, a avenida receberá pistas duplas, calçadas com acessibilidade, ciclovia, sinalização.

O prefeito Casagrande informou que será o primeiro binário do município e que deverá receber também um conjunto de obras, entre praças e parques. “O binário vai impactar no bairro e na cidade toda, com crescimento do comércio, valorização dos imóveis. Todos sairão ganhando com este investimento”, disse ele. O prefeito lembrou o investimento do Estado na revitalização da Estrada do Cerne, que segundo ele deu uma cara nova para a cidade e ajuda a atrair investimentos.

 

A unidade de saúde 24 horas foi construída em 2005 e não teve grandes reformas até agora. “A obra que faremos é muito importante para a população, para melhorar o serviço para os pacientes, dar mais conforto aos servidores, garantir um atendimento melhor e mais qualificado”, disse o prefeito. “Temos aqui também nossa base do Samu”, informou. Segundo ele, cerca de 40% dos pacientes atendidos na unidade são de Curitiba.

Casagrande disse que o Governo do Estado também repassará recursos para uma ambulância para transporte de pacientes dentro do município. Também está em construção uma outra unidade, que recebe recursos estaduais e dever ser entregue em até 60 dias (obra gerida pela prefeitura).

No encontro, foi destacada ainda a inauguração da nova Estrada do Cerne, ligando Curitiba a Campo Magro. O investimento foi de R$ 30 milhões com recursos estaduais. Outro destaque é habitação, área que recebeu R$ 15 milhões em investimentos nos últimos anos. Foram entregues moradias para 451 famílias do município.

Este slideshow necessita de JavaScript.